sexta-feira, 6 de março de 2015

Um sentimento, não um número


Eu muito provavelmente abordarei esse mesmo tema diversas vezes porque sim. E para que fique bem claro logo de cara: para mim, ser otaku é um sentimento e não um número.

Por que estou dizendo isso? Porque existem pessoas que acham que um otaku é determinado pela quantidade de anime que ele assistiu. E eu discordo.

Sim, eu acho legal ter uma lista dos animes que já assistiu, e se puder incluir um resumo junto ao nome, melhor ainda. Assim você vai se lembrar do que já viu, vai poder indicar para seus colegas e amigos, e se sentir saudade da história, poderá revê-la ou só relembrá-la através do resumo.

É por isso que eu tenho uma lista aqui no blog e é por isso que eu substituí os números por corações.

Por algum motivo as pessoas têm a necessidade de diminuir umas as outras para se sentirem maiores. E assim vejo por aí pessoas vomitando regras de como um otaku deve ser, o que ele deve assistir, comer, vestir ou coisas do gênero. E vejo outras pessoas seguirem essas tais regras e acharem que são melhores do que aquelas que não as seguem!

Isso não faz sentido.

Quando estou assistindo um anime, não penso algo como “Faltam três episódios para acabar, aí eu vou ter mais um anime na minha lista e posso começar assistir outro para engrossar a minha lista ainda mais e ser uma otaku melhor”. Penso coisas sobre a história, sobre os personagens. Choro, me emociono. Odeio uns personagens, me espelho em outros. Eu sinto.

E é isso. Ser otaku é sentir.

Você se sente bem, se sente feliz quando está envolvido em um anime. Fica triste porque acabou, começa assistir outro porque acha a história boa. Pensa em finais alternativos, fica ansioso esperando o capítulo da semana. Tem brilho no olho quando vai discutir com alguém sobre o anime que está vendo no momento, e se a pessoa conhece o anime então! Aí sim é felicidade total.

Se você assiste animes única e exclusivamente para atingir um estereótipo que alguém predeterminou, me desculpa, mas isso não te torna mais otaku do que ninguém. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ler!

Seja educado
Deixe seu link para que eu possa visitá-lo
Sinta-se livre para compartilhar as postagens, mas dê os devidos créditos

Até a próxima!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 renata massa