quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Cantar ou não cantar, eis a questão


Estou sentindo que esse post vai ficar com cara de autoajuda, maaaas…

Sempre vou nas convenções que têm por aqui na minha região e fico olhando as pessoas participarem do concurso de animekê. Mas eu fico só na plateia, olhando e passando vontade. Nem todo mundo que participa do concurso canta perfeitamente, tem até uns bastante desafinados. E mesmo assim eu admiro a coragem deles de subir no palco e cantar.

Já até participei do animekê livre, mas nada de concurso ou pessoas julgando o quanto sou boa (ou não) fazendo isso.

Este ano, porém, eu decidi participar. #medo O.O

Em março terá uma convenção. Não tem data certa, mas já estou ensaiando e torcendo para dar tudo certo. Fiquei pensando no quanto pode ser estúpido ficar se importando com o que os outros pensam ou não. Sobre o que eles acham da minha voz, ou da minha postura no palco ou de qualquer outra coisa. A verdade é que às vezes a gente tem que arriscar.

Outra coisa que eu leio muito por aí e as pessoas falam bastante também: Você fazendo algo ou não, as pessoas vão falar de você. Vão apontar dedos e julgamentos. Você se prender a isso não vai mudar nada, não vai fazer gostarem mais ou menos de você. Diga não quando quiser dizer não e quando quiser fazer algo, faça. Mesmo que todos digam que você não vai conseguir, vá e mostre que estão errados.

Sei que sou uma cantora mais ou menos, mas em março essa cantora mais ou menos vai subir no palco do concurso de animekê e vai cantar Secret Base, encerramento de Ano Hana.


E provar para si mesma que consegue sim. :D



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ler!

Seja educado
Deixe seu link para que eu possa visitá-lo
Sinta-se livre para compartilhar as postagens, mas dê os devidos créditos

Até a próxima!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 renata massa